Degradação cultural: Xavantes comemoram dia do índio extorquindo motoristas na BR-070

Ao final do último sábado (19), data em que se comemorou o Dia do Índio, indígenas xavante liberaram trecho da BR-070, entre Primavera do Leste e Barra do Garças, no Mato Grosso. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), eles estavam cobrando pedágio no valor de R$ 50 de cada motorista que passava pelo trecho. Os índios comunicaram à PRF que iriam fazer a cobrança ilegal em razão da data.

Governo conclui processo de limpeza étnica de área demarcada pela Funai no Maranhão

Um grupo de índios Awá-Guajá recebeu na última terça-feira, 15 de abril, o chamado “auto de desintrusão” das mãos de Nilton Tubino, funcionário da Secretaria Geral da Presidente Dilma Rousseff. Com o ato, o Governo brasileiro deu por concluído o processo de limpeza étnica da área assegurando a posse definitiva da terra aos índios. O território com mais de cem mil hectares estava ocupada por milhares de pequenos agricultores não índios. A maioria vivia em três povoados, Cabeça Fria, Caju e Vitória da Conquista. Todos os não índios foram expulsos e dos três povoados foram demolidos pelo Governo.

Dia do Índio: O dia em que Katia Abreu e os indigenistas radicais convergiram

Dias atrás, ao tentar responder a atitude do Cimi de levar ao Papa Francisco denúncias contra o Governo brasileiro pela paralisação nas demarcações, Paulo Maldos, disse que “os processos não estão parados. A titulação para os indígenas está abaixo da média histórica porque há um problema jurídico. Antes, foram demarcadas áreas em locais com baixa incidência [de ocupações] em terra indígena. O que ficou foram regiões nas quais houve ocupação intensa, e algumas com incentivos do Estado”. O “nó da questão” indígena atualmente são os títulos de “boa-fé”, outorgados por governos anteriores, disse Maldos.

Mais dois produtores são expulsos de área demarcada pela Funai em Roraima

Rei Harald, da Noruega, visita Davi Kopenawa, vassalo do feudo
norueguês no Brasil: A Terra Indígena Yanomami
Neste sábado de Aleluia, 19 de abril, data em que também é celebrado o Dia do Índio, mais duas fazendas de não índios, na região do município de Caracaraí, Sul do estado, serão entregues aos índios Yanomami depois da expulsão dos seus donos.

CNBB articula encontro de Babau com o Papa Francisco

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) articulou um encontro de Rosivaldo Ferreira da Silva, o cacique Babau, com o Papa Francisco. O encontro deveria acontecer nos próximos dia no Vaticano como parte das celebrações da Canonização do Padre Anchieta. Os Bispos da CNBB e do Cimi pretendiam que Babau entregasse ao Papa denúncias de violações de direitos humanos por parte do Governo.

Cristo virou as costas para os não índios da Suiá-Missu

A imagem do Cristo Redentor de cosas para os escombros do povoado
que existia na antiga Fazenda Suiá-Missu: Foto Davi Vallle.
A imagem do Cristo Redentor que fica na entrada do antigo povoado de Estrela do Araguaia, no Mato Grosso, não redimiu a população de não índios que vivia naquela área da antiga Fazenda Suiá-Missu. Matéria do Portal RDNews mostra o que sobrou do antigo povoado. O imagem do Cristo foi poupada, mas todo o resto foi demolido pela Funai depois que as pessoas sem etnia foram escorraçadas.

Banco Alemão despeja mais R$ 1,5 milhões para ONGs indigenistas no Acre

O governo do Estado do Acre lançou nesta quarta-feira, 16, mais um edital destinado a projetos de ONGs indigenistas, geralmente administradas por brancos, voltados para gestão de terras indígenas. O Edital é de R$ 1,5 milhão e cada projeto poderá receber de R$ 50 mil a R$ 220 mil. Eles deverão ser ligados ao Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais (Sisa) e objetivam reduzir o desmatamento e conservar os ativos florestais já conservados.

Briga entre AGU, MPF e Funai pela tutela dos índios Tenharim no Amazonas

Ministério Público Federal entrou com duas ações com objetivo de impor intervenção na Funai no estado do Amazonas para que a autarquia prestasse assistência aos índios Tenharim envolvidos em atos de violência na região de Humaitá. A Seção Judiciária no estado do Amazonas deferiu os pedidos.

Ex agricultor expulso pela Funai da Suiá-Missu (Marãiwatsédé) comete suicídio

O ex agricultor Ivo Mateus de Souza, de 62 anos, suicidou-se na noite de ontem, no município de Novo Santo Antônio, no Mato Grosso. Ivo foi um dos produtores rurais expulsos pela Funai da área da antiga Fazenda Suiá-Missu durante o processo de desintrusão da Terra Indígena Marãiwatsédé, demarcada pela Funai sobre a área da Fazenda. É o oitavo agricultor expulso pela Funai a cometer suicídio.

Guaranis ocupam sítio histórico em na cidade de São Paulo para cobrar demarcação de terras em área urbana da capital

Área reivindicada pelos índios inclui o Pico do Jaraguá
Cerca de 50 índios guarani ocuparam, por volta das 15h30 de hoje (16), o Pátio do Colégio, marco da fundação da cidade de São Paulo, para reivindicar a demarcação de terras demarcadas pela Funai dentro do município. Eles pretendem chamar a atenção da sociedade e pressionar o Ministério da Justiça para assinatura da portaria de demarcação da Terra Indígena. Amanhã (17), às 16h, o grupo lançará a campanha “Assina Logo, Cardozo”, dirigida ao ministro da pasta, José Eduardo Cardozo. A equipe do Questão Indígena apoia este movimento pela demarcação de todas as terras demarcadas pela Funai em área urbanas, como a TI Maracanã no centro do Rio de Janeiro, e a TI Noroeste, no Plano Piloto de Brasília.

Quem derrubou o site do Cimi?

Os missionários pós modernos do Conselho Indigenista Missionário anunciaram hoje em uma rede social que "invasores atacaram" e derrubaram o site deles na internet. É impressionante a mania que esse pessoal tem de anunciar que foram atacados e invadidos. É quase um mantra.

Federação da Agricultura do Matro Grosso convoca produtores para audiência pública da #PEC215

A Comissão Especial da Câmara dos Deputados, instalada em dezembro de 2013 para tratar da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215, realizará dia próximo dia 28 de abril, às 9h, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, em Cuiabá, uma audiência pública para debater o assunto com a sociedade, produtores rurais e índios. A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) convoca os produtores rurais e presidentes de Sindicatos Rurais para participarem da audiência.

Dada a largada para a usina de São Luiz do Tapajós

Local das usinas fica fora das Terras Indígenas.
Governo conclui na última sexta-feira a Avaliação Ambiental Integrada do aproveitamento hidrelétrica do Rio Tapajós, no Pará. É o primeiro passo para vender o complexo de sete usinas hidroelétricas na Amazônia. São 15 mil Megawatts em jogo. As audiências públicas iniciam ainda neste mês de Abril e o governo pretende licitar a primeira usina ainda em 2014. Está aberta a corrida pelo aproveitamento da energia do Tapajós, a última fronteira hidroelétrica do Brasil.

Os pistoleiros incompetentes do Mato Grosso do Sul atacam novamente. Como sempre, ninguém ficou ferido.

Vire e mexe as ONGs e o Cimi soltam notícias de que pistoleiros atacam aldeias guaranis no Mato Grosso do Sul. Geralmente esses anúncios aparecem perto de uma data comemorativo, ou quando algo está para acontecer. O impressionante é que o último índio guarani assassinado no Mato Grosso do Sul foi morto pela Polícia Federal ao resistir a uma reintegração de posse. Já mostramos aqui que o Mato Grosso do Sul tem os pistoleiros mais incompetentes do mundo. Hoje, às vésperas do dia do Índio, a ONG Survival International espalhou na imprensa internacional mais um vídeo, gravado sabe o Cimi quando, no qual dois homens de moto ameaçam um acampamento guarani. Quase não se vê no vídeo as flechas atiradas pelos índios contra os homens, mas o #Qi tudo vê e tudo mostra.

Para Deborah Duprat, há um grupo de promove o discurso do ódio

Na opinião da Procuradora indigenista da República, Deborah Duprat, "viemos o período mais dramático da história indígena" porque, segundo ela há "um grupo de promove o discurso do ódio". A equipe #Qi concorda em parte.

Um peso e várias medidas: Produtor rural suspeito de assassiato é preso enquanto advogados pedem a liberação de índios que confessaram assassinato

O produtor rural Jayme Oliveira do Amor foi preso hoje em Salvador por suspeita de ter participado do desaparecimento de um integrante quilombola na Bahia. No mesmo dia, advogados da Defensoria Pública da União entraram com um pedido de habeas corpus, o segundo, para a soltura dos cinco índios tenharim que confessaram o assassinato e a ocultação dos cadáveres de três cidadãos sem etnia no sul da Bahia.

Relatório da #PEC215 deve ser apresentado em maio

O relator da Comissão Especial que avalia o Projeto de Emenda Constitucional nº 215, Deputado Osmar Serraglio, afirmou na última sexta feira durante audiência pública da comissão em Passo Fundi, no Rio Grande do Sul, que pretende concluir o seu relatório já no próximo mês de maio para que o tema possa ir a votação. Serraglio recebeu carta de apoio da Federação de Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) e do Comitê dos Atingidos por Desapropriações Quilombolas e Indígenas no Rio Grande do Sul (Cadequi-RS).

Indigenóides do sul da Bahia processam concurso Miss Brasil por escolha da candidata do Mato Grosso

O CIMI informou que os indigenóides Tupinambás do sul da Bahia ajuizaram uma ação contra a Band e a empresa de eventos Enter em razão da eleição da Miss Mato Grosso, Jakelyne Oliveira, como Miss Brasil em 2013. De acordo com a ação dos índios, o Instituto Innovare, ligado à Rede Globo, teria pago propina para que os jurados escolhessem a representante Jakelyne Oliveira. Os indigenóoides alegam que a escolha da representante de Mato Grosso "denigre a imagem da mulher brasileira, ao mesmo tempo que valoriza os malfeitos de um Estado ligado notoriamente ao agronegócio”. Jakeline ficou em quinto lugar no concourso que escolheu a Miss Universo de 2013.