Demarcações nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste são prioridades da Funai

A Funai informou à justiça federal que as demarcações nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste são prioridades do órgão. O empenho da Fundação em demarcar terras nessas regiões de ocupação mais antiga no país tem resultado no aumento dos conflitos entre indígenas e produtores rurais.
têm observado uma escalada de violência com mortos de ambos os lados.

Paulo Maldos receberá título de cidadão sul-mato-grossense

A Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul concederá, no próximo dia 3 de novembro, o título de cidadão sul-mato-grossense ao indigenista Paulo Maldos. Ex consultor do Cimi e da ONG Instituto Socioambiental, Maldos foi casado com a antropóloga e ex presidente da Funai, Marta Azevedo. Juntos os dois são responsáveis pelo movimento de demarcação das terras indígenas guarani no cone sul do estado.

Jarudore: Artista plástico registra imagens de povoado do Mato Grosso que pode ser demolido pela Funai

O artista plástico Gerson Rafael da Costa lança, nesta quinta-feira (30), a partir das 19h, no Centro Cultural José Sobrinho, em Rondonópolis, uma exposição de seu projeto "Restauração Histórica de Jarudore". A iniciativa retrata o povoado de Juradure, no município do Poxoréu, no Mato Grosso, transformadas em pinturas de óleo sobre tela, no tamanho de 60 por 80 centímetros. Jarudore tem cerca de 3.600 moradores e cresceu dentro de uma área demarcada como indígena. O povoado pode ser demolido a qualquer momento pela Funai, como aconteceu com os povoados de Estrela do Araguaia, no Mato Grosso, e Vitória da Conquista, no Maranhão.

Próximo domingo: Famílias não indígenas podem ser expulsas de área demarcada pela Funai em Santa Catarina

Carca de 300 famílias pobres estão prestas a serem expulsas pela Funai naquilo que pode ser a terceira operação de expurgo étnico do Governo Dilma Rousseff. Depois de expulsar todos os não indígenas de duas áreas demarcadas pela Funai no Mato Grosso e Maranhão, o Governo ameaça agora expulsas mais um grupo de famílias de uma área demarcada em Santa Catarina.

Da Papuda: Zé Dirceu apoia veto de Dilma à PEC 215

O ex deputado do PT, José Dirceu, condenado e preso por envolvimento na sofisticada organização criminosa do Mensalão, publicou ontem em seu blog um texto no qual apoia a decisão da Presidente Dilma Rousseff de se colocar contrária à PEC 215. Dois dias antes da eleição, Dilma divulgou uma carta aos índios na qual se compromete a não deixar que o Congresso legisle sobre a matéria. Leia aqui.

Indígenas protestam no Palácio do Planalto

Em manifestação em frente ao Palácio do Planalto, professores indígenas cobraram hoje (29) da presidenta Dilma Rousseff o cumprimento das diretrizes para educação indígena garantidas pela Constituição Federal. Os líderes da manifestação reclamaram da falta de infraestrutura nas escolas e do descumprimento da lei, que garante aos indígenas formação educacional com respeito a valores tradicionais das comunidades.

Índios kaingang iniciam plantio de soja em área invadida no Rio Grande do Sul

Índios kaingang que ocupam uma área invadida em Sananduva, no norte do Rio Grande do Sul, começaram a plantar soja no local. A pequena propriedade rural tem pouco mais de 30 hectares e é reivindicada pelos índios, que estão acampados no local há cerca de dois meses. O dono do imóvel está impedido de transitar pelo local.

Gilberto Carvalho quer ser presidente da Funai

Isolado no governo e homem da confiança de Lula, Gilberto Carvalho deve perder o cargo de Secretário-Geral da Presidência. Para o seu lugar, a presidente Dilma deve nomear o ex ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto. Já apresentamos uma análise da troca. Carvalho tem dito em conversas reservadas que gostaria de ir para a Funai. A informação foi publicada pelo jornal O Estado de São Paulo.

Combate ao Racismo Editorial: Site indigenista divulga textos do Questão Indígena

O site indigenista Combate ao Racismo Ambiental está ajudando a divulgar os textos produzidos pela equipe do Questão Indígena. Sem perceber, os responsáveis pela página copiaram um texto do #QI publicado no site Agência da Notícia sem a divulgação da fonte. Veja aqui.

A Questão Indígena volta à pauta da Câmara dos Deputados

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados deve discutir na próxima quarta-feira (29/10) dois projetos relacionados à Questão Indígena. Um deles, o Projeto de Lei nº 5919, altera o Estatuto do Índio. O segundo, é uma Proposta de Fiscalização e Controle de autoria do Deputado Luiz Carlos Heinze que tem o objetivo de fiscalizar os processos de demarcação da Funai.

Próximo Governo: Sai Gilberto Carvalho e entra Katia Abreu

O jornal O Globo informa hoje que o gaúcho Miguel Rossetto, ex Ministro do Desenvolvimento Agrário nos governo Lula e Dilma, pode ser remanejado para a Secretaria-Geral da Presidência, cargo hoje ocupado por Gilberto Carvalho, que deverá deixar o governo. Ainda de acordo com O Globo, a presidente sinalizou que gostaria de levar a senadora Kátia Abreu, presidente da Confederação Nacional da Agricultura, para o Ministério da Agricultura, mas enfrentará resistências dentro do próprio PMDB, atual partido de Abreu.

Justiça Federal suspende ampliação da Terra Indígena Manoki-Irantxe, no Mato Grosso

Ampliação da TI Manoki inclui imóveis certificados e parte de um
assentamento da reforma agrária
O Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a suspensão da liminar que obrigava a Funai a concluir o processo de ampliação da Terra Indígena Manoki, no Mato Grosso. A decisão do Desembargador Federal Jirair Meguerian, do último dia 20 de outubro, considerou temerária a determinação de conclusão do processo administrativo, inclusive com a publicação do decreto presidencial de homologação da terra indígena, uma vez que a Funai está impedida, por várias decisões judiciais, de dar prosseguimento ao processo.

Paulo César Quartiero é eleito vice governador de Roraima com apoio do PT

Diante dos escombros de sua casa, Quartiero aguarda ordem judicial para deixar sua propriedade demarcada como Terra Indígena pela Funai
Famoso pela resistência que fez à expulsão dos agricultores da área demarcada pela Funai como terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, o produtor de arroz Paulo César Quartiero (DEM) acaba de se eleger vice-governador do estado. Logo depois do expurgo étnico feito pelo Governo Lula que expulsou Quartieio e todos os outros não indígenas da área demarcada, o líder se elegeu para a Câmara Federal como deputado mais votado do Estado.

Cimi diz que ajudou a eleger Dilma e cobra fatura: Governo precisa acelerar demarcações

Depois do Secretário-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmar que o próximo Governo de Dilma Rousseff deve buscar o reencontro com os movimentos sociais e acelerar as demarcações de Terras Indígenas, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) faz o mesmo movimento. Assim como Carvalho, o Secretário Executivo do Cimi, Cleber Buzatto, considera que a reeleição de Dilma foi obra dos movimentos sociais e cobra a fatura.

Gilberto Carvalho diz que o próximo governo de Dilma Rousseff precisa acelerar as demarcações de terras indígenas

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, admitiu que seu partido, o PT, cometeu erros nos últimos anos e disse que a legenda está fazendo uma autocrítica. Após a reeleição de Dilma Rousseff, Carvalho disse que é preciso que o Governo se reaproxime dos movimentos sociais.

Cacique Terena não vota mais no PT: "Não foi cumprida a promessa de demarcar as terras indígenas", diz

Militante indígena que conheceu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva num dos primeiros congressos realizados pelo PT em São Paulo, a índia terena Enir da Silva Bezerra, não vota mais no partido da presidente Dilma Rousseff. "Eu me decepcionei, pois não foi cumprida a promessa de demarcar as terras indígenas no Mato Grosso do Sul."

Soberania relativa: ONG organiza encontro binacional de índios em Roraima

Nesta semana acontece um grande encontro bi nacional em Roraima. Índios yanomami do Brasil e da Venezuela se encontrarão na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, onde vivem outras quatro etnias, macuxi, wapixanas, ingaricós e taurepangue. Todas binacionais. O encontro é organizado pela ONG indigenista Instituto Socioambiental (ISA) e financiado pela Noruega.

Caso Suiá-Missu (Marãiwatsédé) volta a dar a maior votação do Brasil a Aécio Neves

Um Cristo Redentor de 12 metros de altura que pode ser vistos por imagens de satélite restou entre escombros de alvenaria e madeira à beira de uma estrada no Mato Grosso, tornou-se o símbolo do ressentimento que levou Alto Boa Vista, no nordeste do estado, a se tornar o município mais aecista do Brasil.

Santa Catarina: Funai anuncia nova desintrusão de Terra Indígena

Uma manifestação fechou a BR-280 em Joinville, Santa Catarina, na última sexta feira, 24 de outubro. Carca de 60 famílias da região foram notificadas pela Funai a deixaram suas casas em duas semanas. De acordo com a Fundação, as famílias ocupam a área da Terra Indígena Piraí, demarcada em processo de demarcação. “Eu tenho a escritura da casa da minha mãe de 1953”, afirmou Rosangela Evangelista, 53 anos, que organizou a manifestação.

Dilma Rousseff e o PT estão reeleitos. Como fica a Questão Indígena?

Dilma Rousseff e o PT estão reeleitos para mais quatro anos na Presidência da República. Qualquer solução para a Questão Indígena nos próximos anos virá, ou não, do PT. Dilma foi a presidente que menos demarcou terras indígenas na recente histórica democrática do Brasil. A presidente tem dito que as que as demarcações não podem ser feitas a ferro e fogo como querem os indigenistas.

Reinaldo Azambuja bate Delcíndio Amaral e é eleito governador de Mato Grosso do Sul

Com uma vitória mais folgada que o esperado, Reinaldo Azambuja (PSDB) venceu a disputa pelo governo do Mato Grosso do Sul neste domingo. Com 91,3% das urnas apuradas, o tucano tinha 676.410 votos ou 55,33% dos válidos. Azambuja derrotou o petista Delcíndio Amaral, que recebeu 546.122 votos, ou 44,67% dos votos válidos.

Igreja Católica critica STF por decisões sobre demarcação de Terras Indígenas

Steiner, Belisário e Assis: "Que Deus nos dê forças"
A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou no último dia 23, nota manifestando a preocupação da entidade em relação aos direitos dos povos indígenas, após decisões da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de anular duas portarias do Ministério da Justiça que reconheciam territórios ocupados por povos indígenas no Maranhão e no Mato Grosso do Sul. O texto é assinado pelos Cardeais Raymundo Damasceno Assis, Dom José Belisário da Silva e Dom Leonardo Ulrich Steiner.

Dilma ou Aécio, quem apresenta melhor solução para a Questão Indigena?

Chegamos à reta final para a decisão sobre quem será o próximo presidente do Brasil. A escolha deve ser feita entre Dilma Rousseff, do PT, e Aécio Neves, do PSDB. Ao longo de toda a campanha divulgamos o posicionamento dos candidatos. Veja aqui. Nos últimos dias, tanto Dilma, quanto Aécio, se manifestaram sobre o tema e tentaremos nesse post sintetizar o posicionamento dos dois candidatos para que o leitor possa tomar sua decisão.

Candidata Dilma Rousseff envia carta aos índios e assevera: "nada em nossa Constituição será alterado"

A candidata à presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff, divulgou hoje uma carta direcionada aos povos indígenas do Brasil. No texto, Dilma diz que não mudará a Constituição Federal, que fortalecerá a Funai e implementará a Convenção 169 da OIT. O texto enaltece ainda as duas operações de limpeza étnica feitas pelo Governo no Maranhão (Awá-Guajá) e no Mato Grosso (Marãiwatsédé) que resultaram na expulsão de milhares de produtores rurais. Confira a carta na íntegra:

Relator da PEC 215 fala sobre a política de demarcações da Funai

Em entrevista ao jornalista Gilson Aguiar, da Rádio CBN Maringá, o Deputado Federal Osmar Serraglio fala sobre a política de demarcação de Terras indígenas da Funai. Releito para seu quinto mandato, ele criticou a forma como são desapropriadas as terras agrícolas para a instalação de reservas indígenas. Ouça a entrevista:

Saiba quais são as propostas de Dilma Rousseff para a Questão Indígena caso seja reeleita

Em entrevista à Radio Brasil Atual, o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, informou que Dilma Rousseff pretende indenizar produtores rurais que tenham áreas demarcadas pela Funai. O Ministro comentou também as decisões recentes do STF que anularam demarcações no Mato Grosso do Sul e Maranhão com base no julgamento do caso Raposa Serra do Sol. Ouça matéria:

Motoristas denunciam assaltos praticados por índios em Terra Indígena no Maranhão

Assaltos e má conservação da BR-226 na altura da Reserva Indígena do Grajaú, no Maranhão, têm causado transtornos aos motoristas que passam pelo local.